Ocorreu um erro neste gadget

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

A TV aberta brasileira.

E de novo, após alguns meses, venho com o meu post. Dessa vez, sem desculpas esfarrapadas ou comprometimento.

TV aberta brasileira, grande meio de comunicação social, aquilo que assistíamos em uma caixa preta, pesada ou um pouco mais leve, gigante ou pequena, ocupando muito espaço ou não, e que hoje se tornou uma chapa, extensa e finíssima, leve, ocupando bem menos espaço. Poxa! Agora você pode colocá-la de pendurada na parede! Enfim, sinais digitais, e milhares de coisas foram criadas e outras evoluíram...mas esqueceram de evoluir uma delas, que é o mais importante, esqueceram de evoluir a sua programação. Eu realmente adoraria ter aquela antiga TV enorme, podia até ser daquelas sem controle remoto, com a imagem cheia dos chuviscos importunos, porém assistir a um programa que acrescentasse algo na minha vida, a ver aquele programa da Márcia em full HD, saídas HDMI, som surround 5.1 ou o diabo que seja! Eu realmente não preciso ver aquilo. Com base nisso, passei uma tarde vendo a TV aberta brasileira para ver se era tão ruim quanto eu imaginava.
Todos nós à assistimos em algum momento, seja na hora do almoço, ou assim que acordamos, ou um pouco antes de dormir, não importa! De manhã? O que temos de manhã? Tem aqueles programas para crianças, passando desenhos animados, antigamente, Pica-pau e afins eram desenhos melhores do que passam hoje, mas nada de mais nisso. A noite? A noite, temos noticiários, novelas e novelas. Mas, e a tarde? O que passa a tarde? Ai está a grande coisa do post! Um resumo para vocês :

Gazeta: Comecei por essa emissora, programa "Mulheres" que parece ser 24 horas, passando um cabelereiro, mexendo em cabelo de crianças, fazendo nada demais, coisa que você pode ver ai, no cabelereiro perto da sua casa.

Canal de vendas : Assim especificado, não pude nem saber o nome, estava passando uma venda de "sementes do boi gordo" (?)

MTV : Como de clichê, passando clipes que estão na moda, das músicas que a moçadinha gosta. Nada de boas músicas.

Record News : Bom essa passa várias notícias boas, atrasadas, repetitivas as vezes, porém não é a pior coisa de se ver não. Mas no momento que eu vi, estava falando sobre bullying, que ja cansou, que sempre existiu, e agora veio com esse nome do Tio Sam para fazer sucesso.

Record : Essa estava reprisando matérias, e nem deixam a matéria por completo, cortam e a matéria termina meio sem nexo. Após um pouco de matérias cortadas, vem a sensação da Record, "A Fazenda" todos os programas só falam disso, parece até canal do boi.

Rede TV : Sônia Abrão. Sem mais.

SBT : Primeira rodada de canais que eu fiz, está com a Márcia, depois entrou a parceria com o México e começou aquelas novelas ridículas e com a dublagem registrada do SBT.

Canal de vendas II : Este vende jóias, no momento, um par de brincos, ou melhor "5 pares apenas em todo o Brasil!" pela bagatela de 5 x R$249,00, a apresentadora oculta (ninguém nunca a vê) diz que alguém comprou e dá os parabéns, bem desgastante.

Rede Globo : Enquanto isso, todas as vezes que passava pela globo, ela estava ganhando seus milhões em comerciais.

Por acaso, tenho algum motivo para continuar a ver TV durante a tarde? Por favor, vá estudar, procure o que fazer durante a tarde, não assista a TV, não perca seu precioso tempo. Obrigado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário