Ocorreu um erro neste gadget

terça-feira, 26 de abril de 2011

Direitos? Pra quê!?

Incrivelmente, insaciavelmente, perplexamente, ortodoxadamente e monstruosamente...apareço.
Após uma longa jornada de trabalho, a luta contra desconhecidos para usufruir do transporte público, e uma bela caminhada arrematadora, situo-me no laboratório de informática da instituição de ensino superior onde estou cursando minha faculdade.
(Post foi parado ontem pelo simples motivo de que eu tinha que ir para a aula.)


Para variar, faz um tempo que não "pósto" no blog... Mas isso ja é normal, então, sem churumelas.

Com certeza um dia você ja se perguntou com essa sua cara lambida : "Quais são os meus direitos?" Enquanto fazia uma cara de Hebe na vasectomia, depois de comprar alguma coisa.
Claro todos nós nos preocupamos com nossos direitos depois que compramos algo, porque, e se o troço da defeito? E se não ficar bom? E se sumir? Se encolher? Se meu cachorro cagar em cima?
Nossas cabeças se enchem de questionamentos quando compramos alguma coisa, e pensamos nos nossos direitos, maaaas um porém! Qual é o brasileiro que corre atrás desses direitos? Não não! Melhor! Qual é o brasileiro que sabe que tem direitos? Ou então... Qual é o brasileiro que liga para esses direitos?
Pois bem, sobre isso falarei neste ilustre momento, não sobre nossos direitos, mas sim, "Porque não exercemos nossos direitos".

Não acho que seria complicado para o cidadão após comprar o produto que seja, e que por acaso ou intervenção divina deu defeito, ir a tal lojinha, seja de "1,99" ou uma grife famosa, e correr atrás dos teus direitinhos como cidadão consumidor. Mas não é isso que o nosso glorioso povo brasileiro faz, não, não ... Nosso lindo povo solta uma bela frase da seguinte forma, "Deixa essa bosta pra lá" (bosta pode ser trocado por, porra, merda, caralho...) E dessa maneira deixa seus direitos todos descerem pelo bueiro. E você leitor desmamado, sabe o porque desse comportamento? Porque os brasileiros não tem um espírito de justiça, nem de revolução.
O brasileiro olha para os lados e vê que ninguém faz isso, então, ele também não vai fazer E É AI ONDE TA A MERDA! Essa mania de achar que se ninguém faz, você não precisa fazer, óóóbvio que não estou dizendo pra sair fazendo o que qualquer um faz, por favor (seu amiguinho pode fazer o que quiser com o furinho dele e você não precisa fazer o mesmo com o seu, o Maluf pode ter uma conta na Suiça com o seu dinheiro mas você não pode fazer o mesmo que ele, entendeu né). Estou dizendo que não é porque ninguém corre atrás dos seus direitos você tem que deixar os teus de lado também, tudo bem que as vezes seus direitos não são lá aquelas coisas mas, corra atrás, vou exemplificar. Imagine, um único peido não pode ser sentido numa sala inteira, agora se todos nós peidarmos juntos, podemos fazer um buraco na camada de ozônio! Pense nisso!

Este foi um post para cutucar a "sociedade alternativa, VIVA! VIVA! " ...

Nenhum comentário:

Postar um comentário