Ocorreu um erro neste gadget

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Carnaval pra mim é com C mesmo, sei lá, sou alfabetizado.

Aah, o carnaval. Carnaval é a vontade anual de externar seu lado promíscuo sem ser taxada de puta.

Ok, ok, eu entendo, não poderia existir nada mais legal que isso, mulheres, putaria, mais mulheres e mais putaria. O carnaval parece mesmo ser perfeito.

Mas, como meu papel nessa joça é criticar o que quer que seja, não me importando nem um pelo do púbis se isso é ou não criticável, vou falar mal desse tão esperado feriado.

E, como quero falar mal, tenho uma só palavra que derruba tudo de bom que tem no carnaval: SAMBA.

NÃO GOSTO DE SAMBA. Sei lá, não me desce. Porque? Sei lá. Você não gosta de cebola? Porque? Você não curte coentro? Porque?

Ok, alguns sambas até me descem, mas o pior do samba é: Ele me lembra o pagode, esse não carece de justificativas, certo?

Para terminar, um vídeo com uma música para todas as feministas que lêem esse blog, se é que alguém o lê.(não tem sentido algum eu postar a música, postei por pura falta de criatividade.) Reavivando meu conselho, NÃO ENCHAM MEU SACO.

Nenhum comentário:

Postar um comentário